Edit

Sobre Nós

O Blox é um novo conceito de organização curricular pautado na flexibilidade e autonomia do aluno montar a própria grade, com os tópicos que mais gosta ou que trarão maior retorno para sua formação.

Atendimento

 6 indicadores de desempenho escolar que você deve acompanhar

Avaliar o sucesso da sua instituição de ensino superior é fundamental para conseguir encontrar em quais pontos há possíveis gargalos, bem como verificar o que está dando certo para continuar seguindo com estratégias de sucesso.

Diante disso, a opção é observar os indicadores de desempenho escolar, a fim de observar os resultados dentro de um determinado período, se eles estão acima ou abaixo do esperado e quais são as variáveis envolvidas que merecem atenção.

Vamos mostrar os 6 principais deles a seguir. Tire suas dúvidas sobre o tema e boa leitura.

1. Índice de evasão

Um dos indicadores importantes para que você possa acompanhar o rendimento do seu negócio é o índice de evasão dos alunos. Ele diz respeito ao número de estudantes que estavam matriculados em seu negócio e que, por motivos diversos, decidiram deixar a instituição.

Esse é um movimento relativamente natural, pois há questões pessoais que podem estar envolvidas no ato de deixar os estudos, como mudanças de área, localidade, entre outras. Porém, há outras motivações que merecem atenção, tais como:

  • desmotivação;
  • queda na qualidade de ensino;
  • curso desatualizado;
  • curso pouco voltado para o mercado;
  • falta de personalização do curso;
  • professores com baixa qualificação, entre outros.

É importante, assim, observar o que está afastando seus alunos da instituição e reverter a situação. Caso contrário, as taxas podem chegar a um patamar que comprometa, consideravelmente, a rentabilidade da sua IES.

2. Notas dos alunos

Uma forma de avaliar o ensino da sua instituição, bem como antecipar possíveis razões para evasão escolar, é observar a nota dos alunos. Discrepâncias razoáveis nesse aspecto podem ser um sinal de que há problemas sérios a serem levados em consideração.

Por exemplo, se há muitas notas baixas, isso pode ser um indicativo das seguintes situações:

  • há uma falha na metodologia dos professores, que está causando lapsos entre o processo de aprendizagem e avaliação;
  • os alunos estão desmotivados e, portanto, não estão estudando como deveriam ou se dedicando para os processos de avaliação;
  • o conteúdo não é atrativo para os alunos;
  • o processo de avaliação não está sendo feito da forma adequada.

Observando esse indicador, é possível avaliar se há falhas nesse aspecto. Com isso, os gestores podem realizar pesquisas e avaliar o que está causando esse tipo de problema e tomar as medidas necessárias para resolver a situação.

3. Avaliação dos professores

O corpo docente precisa ser altamente capacitado para oferecer o conteúdo especializado para seus estudantes, a fim de que seja possível ter o melhor aprendizado possível em sua instituição e elevar o nome dela no mercado.

Além disso, ele deve ser didático para passar os conhecimentos específicos que possui, conseguindo captar a atenção do aluno e fazê-lo compreender o que está sendo passado, de forma atrativa e eficiente.

Outro ponto importante é identificar a capacidade de personalização do ensino, de acordo com a modernização do mercado e técnicas inovadoras de ensino. Por exemplo, devem ser capazes de aplicar a jornada de aprendizado em seu dia a dia.

Por isso, é fundamental estabelecer métodos de avaliação periódicos de seu corpo docente, que deve ser feito em conjunto com especialistas e corpo discente, que indicará quais são os pontos que podem ser melhorados. Lembre-se de estabelecer métodos objetivos, com pontuações e critérios bem estabelecidos para realizar essa verificação.

4. Índice de captação de alunos

Outro indicador importante é o índice de captação de alunos. Ele diz respeito à capacidade da instituição em conseguir novos estudantes, aumentando seu corpo discente. Isso, ao longo do tempo, eleva a rentabilidade do estabelecimento, além de indicar uma melhora da imagem da instituição no mercado.

Caso não esteja nos patamares estimados, alguns pontos podem ser observados para melhorar os dados, tais como:

  • melhore o marketing da sua instituição;
  • trabalhe com a atualização da metodologia de ensino;
  • ofereça a possibilidade do ensino personalizado, cursos novos, nanodegrees;
  • tenha um corpo docente altamente capacitado;
  • ofereça condições especiais para seus futuros alunos, entre outros.

5. Ticket médio

Este indicador diz respeito à performance de venda do seu negócio, indicando o valor médio investido pela sua instituição para cada estudante que é captado. É uma forma de avaliar se o capital aplicado para esse fim está sendo bem utilizado ou se é necessário reavaliar estratégias para torná-lo mais eficiente.

Afinal, conseguir maior lucratividade com menor custo permite um aumento dos lucros, bem como definir formas melhores e mais modernas de conquistar novos alunos. Para calculá-lo, você pode realizar a seguinte fórmula:

Ticket médio = total do faturamento bruto / número de alunos da IES

6. Satisfação dos alunos

O foco no consumidor é, cada vez mais, uma demanda nos tempos atuais. Isso porque, como se sabe, ele está no centro do processo de vendas e contratação. Não é mais o foco em sua instituição, mas sim em como ela é capaz de proporcionar a resolução das dores do cliente.

Ou seja, esse indicador é fundamental para saber se as estratégias da instituição estão funcionando adequadamente. Ele permite, por exemplo, dar as diretrizes para retenção de clientes, captação de novos alunos, avaliar a qualidade de ensino e dos professores, entre diversos outros pontos.

Estudantes satisfeitos são capazes de indicar a instituição para outros colegas, atuando como uma espécie de embaixador da instituição, o que permite conquistar novos clientes com menos investimento financeiro.

Além disso, a experiência de aprendizado do seu público será diferenciada nesse contexto. Quanto mais eles estiverem satisfeitos com a instituição, mais se dedicarão aos estudos e, consequentemente, não só terão melhores rendimentos, mas também se tornarão profissionais melhor capacitados ao longo do tempo.

Os 6 indicadores que listamos acima são fundamentais para que consiga acompanhar os resultados da sua instituição de ensino. Sem isso, possíveis crises podem surgir e passar despercebidas pelos gestores.

Para avaliar essas questões, um software específico voltado para esse ramo pode ser fundamental para minimizar chances de erros e garantir o sucesso da sua instituição. Eles são capazes de registrar e acompanhar os indicadores de desempenho escolar que listamos neste artigo, bem como oferecer subsídios para mudanças necessárias para maior sucesso do seu negócio educacional.

Gostou deste conteúdo? Auxiliou em suas dúvidas sobre o tema? Então aproveite e compartilhe-o em suas redes sociais, levando-o para sua rede de amigos.

Powered by Rock Convert

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.