Edit

Sobre Nós

O Blox é um novo conceito de organização curricular pautado na flexibilidade e autonomia do aluno montar a própria grade, com os tópicos que mais gosta ou que trarão maior retorno para sua formação.

Atendimento

 Qual a importância e os principais critérios para a formação de turmas!

Os critérios para formação de turma nas universidades são de extrema importância para o desempenho dos alunos. Confira!

A formação de turma é essencial para as escolas e universidades. Elas são fundamentais para criar um censo coletivo de aprendizagem dos alunos dentro da sala de aula, ajudando o professor a explicar e criar interações, como debates, formação de grupo para trabalhos, entre outros. Isso também acaba despertando uma noção de equipe, que vão precisar no mercado de trabalho quando se formarem profissionais.

Contudo, para essa formação é necessário definir alguns critérios. Organizar turmas da maneira correta é muito importante tanto para o andamento das aulas quanto para o desempenho dos alunos. Por isso, essa atividade exige uma grande atenção do gestor, uma vez que é uma maneira de aperfeiçoar o ambiente escolar e melhorar os índices de aprendizagem.

No post de hoje do Blox, falaremos um pouco mais sobre isso e te ajudaremos a entender qual a importância e quais são os principais critérios para formação de turma nas universidades. Continue lendo o post e confira!

A separação por desempenho

Asian college students studying in classroom

Em muitas instituições de ensino superior, um dos principais critérios para a formação de turma é a separação por desempenho acadêmico. Funciona da seguinte forma: os alunos que possuem notas mais altas ficam em uma sala e os que possuem notas um pouco mais baixas, em outra.

Os professores e gestores adotam esses critérios, defendendo que é muito mais fácil trabalhar em turmas mais homogêneas, contudo, ainda é preciso ter cautela com essa escolha.

Essa separação pode acabar gerando problemas de autoestima, reduzir a motivação dos alunos com baixo desempenho e reforçar estigmas, podendo prejudicar os discentes que mais precisam de estímulos, por causa do desenvolvimento socioemocional deles.

Além disso, a separação por desempenho também pode gerar crise dentro da universidade, uma vez que alguns professores podem se sentir prejudicados quando forem alocados em turmas com menor rendimento durante a atribuição das salas.

Por isso, é muito importante conhecer quais são os principais critérios para a formação de turma, com o objetivo de saber qual será o melhor para você e seus alunos. Continue lendo o conteúdo e confira quais são eles.

Os principais critérios para formação de turma nas escolas e universidades

pretty young female college student writing on the chalkboard blackboard during a chemistry class.

Para estabelecer os melhores critérios para formação de turma nas universidades, você precisa observar a dinâmica dos grupos em relação à convivência e à aprendizagem. Por isso, é muito importante ficar atento às ações tanto nas salas de aula quanto nos intervalos. Conversar com os professores e monitores, por exemplo, é uma ótima medida que auxilia identificar problemas que ajudem a encontrar soluções coletivamente.

Além disso, um dos principais critérios para a formação de turma, também é mapear as relações interpessoais dos alunos, a fim de identificar as figuras de liderança e os casos de isolamento. Assim, você conseguirá aperfeiçoar o trabalho pedagógico e criar um espaço democrático, com base na diversidade de pessoas e altamente inclusivo.

Outra coisa que pode ser feita é integrar alunos que têm um maior desempenho com os que não tem, pois assim você conseguirá criar uma troca de aprendizado, o que auxiliará na compreensão do conteúdo ensinado.

É importante ter em mente que essa intervenção na formação de turma deve ter como principal objetivo o desenvolvimento do potencial de todos os alunos. Por isso, outra ótima alternativa é a flexibilização curricular.

Deixando os currículos dos alunos mais flexíveis, eles poderão escolher qual disciplina querem cursar, o que pode dar muito mais engajamento na sala de aula, com pessoas que estão empenhadas em aprender o que escolheu, e eliminar as turmas deficitárias, uma vez que sua formação dependerá da disciplina e não do curso, colocando cada aluno nos conteúdos que escolheram estudar.

Equipe Blox

Powered by Rock Convert

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.