Edit

Sobre Nós

O Blox é um novo conceito de organização curricular pautado na flexibilidade e autonomia do aluno montar a própria grade, com os tópicos que mais gosta ou que trarão maior retorno para sua formação.

Atendimento

 Como melhorar o gerenciamento de estoque de vagas de uma universidade!

O gerenciamento de estoque de vagas em uma universidade é fundamental para garantir uma melhor alocação dos alunos e gerar mais resultados!

Todos os anos, há uma crescente procura pelas universidades brasileiras. No entanto, por mais que a procura seja grande, elas precisam melhorar ainda mais os seus índices. Isso acontece por que dos alunos que conseguiram uma vaga nas faculdades, poucos se formam.

Para se ter uma ideia, cerca 24% dos estudantes das universidades públicas abandonam o curso, enquanto 30% dos discentes das privadas param de estudar. Esses dados se tornam ainda mais preocupante quando sabemos que apenas 21% dos brasileiros de 25-35 anos concluíram sua formação na faculdade.

Essa constante procura e ao mesmo tempo uma grande evasão dos alunos faz com que as universidades tenham que gerenciar ainda mais o seu estoque de vagas, uma vez que uma boa parte deles costumam abandoná-la ainda no meio do semestre e há de esperar até o próximo para abrir novas vagas.

Com essa preocupação com os seus discentes, no post de hoje do Blox, preparamos um artigo especialmente para te mostrar como melhorar o gerenciamento de estoque de vagas da sua universidade e ainda diminuir o número de evasões que acontecem nela. Continue lendo o conteúdo e confira!

Quais são os principais motivos para evasões nas universidades brasileiras?

Para melhorar o gerenciamento de vagas na sua universidade, uma das primeiras coisas que você deve entender são os motivos de evasões ainda no meio do semestre ou do curso.

É certo que há uma grande desigualdade social e salarial no Brasil, que faz muita gente procurar uma melhor formação nas faculdades privadas, mas não conseguem arcar com os custos e acabam desistindo.

Contudo, ainda há uma grande parcela de discentes, tanto de universidades públicas quanto particulares que acabam desanimando do curso que estão realizando. Muitos desses motivos estão relacionados à disciplina que estão estudando, que eles acreditam que não acrescentará em sua formação profissional e que deveriam focar mais em estudos que eles forem usar mais a frente, o que faz com que muitos prefiram uma formação técnica do que uma superior.

No entanto, a cada ano os requisitos do mercado de trabalho vem aumentando, exigindo cada vez mais do empregado, tanto em questões de experiências quanto nas suas formações profissionais. Por isso, é importante que a faculdade procure métodos que diminuam essa evasão para que consiga ter melhor gerenciamento de estoque de vagas e entregar profissionais mais qualificados para o mercado de trabalho, mas como você faria isso?

Como diminuir a evasão nas universidades brasileiras?

Para diminuir essa evasão nas universidades brasileiras, uma ótima alternativa para elas é adotar um sistema de flexibilização curricular. Com ele, os alunos conseguirão escolher, através de um site ou de um software, quais disciplinas vão cursar, aumentando a sua especialização na área em que quer trabalhar.

Isso fará com que os alunos fiquem mais envolvidos com a sua formação, criando maior engajamento na sala de aula e acaba as turmas deficitárias, dando uma equalizada nas aulas, e garante ao mercado de trabalho profissionais com currículos únicos, gerando ainda mais receptividade.

Além disso, dando adeus às turmas sequenciais, a universidade conseguirá realizar um melhor gerenciamento de estoque de vagas, uma vez que não haverá a necessidade de uma quantidade mínima de alunos para ingressá-los no curso, pois eles serão alocados nas disciplinas que escolheram cursar. Quer saber como isso pode ajudar ainda mais no seu gerenciamento de estoque de vagas? Continue lendo o conteúdo e confira!

Melhorar o gerenciamento de estoque de vagas com a flexibilização curricular

Além de diminuir as turmas deficitárias, realizando a flexibilização curricular também conseguirá ter uma melhora no gerenciamento de vagas na universidade, pois acabando o número mínimo de alunos e diminuindo a quantidade deles por sala, ela também conseguirá abrir mais vagas para os alunos ingressarem, conseguindo ainda maior agilidade no processo de matrícula, dobrando o número de vestibulares por ano (de 2 para 4).

Além disso, oferecendo uma flexibilização curricular, também atenderá às expectativas da sociedade, conseguindo uma melhor captação de alunos para sua universidade, melhorando seus lucros e resultados através de uma eficiência operacional e financeira que está integrada a nossa plataforma.

Equipe Blox

Powered by Rock Convert

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.